Varizes nas pernas? Entenda como o Pilates pode lhe ajudar!

Compartilhe

Só quem sofre com varizes nas pernas sabe ao certo as dores e incômodos que isso causa.

Geralmente acarreta sensação de peso nas pernas, ardor, dor, inchaço e até mesmo coceira.

Alguns cuidados podem ajudar a aliviar estes sintomas, impedir complicações e até mesmo prevenir novos surgimentos.

O que muitos nem imaginam é que o Pilates pode ser um ótimo aliado para quem tem varizes nas pernas.

E é sobre isso que vou falar hoje. Pronto(a) para tirar todas as dúvidas? Então vamos lá!

 

Entendendo esta condição

Antes de tudo, precisamos entender realmente do que se trata as varizes, você já sabe?

Elas nada mais são do que veias dilatadas e deformadas que surgem no corpo.

Qualquer veia pode tornar-se varicosa, porém é mais comum encontrá-las nas pernas e pés.

Isso pelo fato de ficarmos em pé ou sentados por períodos longos, gerando pressão nas veias dessa parte do corpo.

Mas uma vez que existe forte predisposição familiar, a causa mais comum continua sendo a influência genética.

 

O que fazer?

A partir do momento que se nota as varizes e o seus sintomas, o primeiro passo a fazer é buscar pela ajuda médica.

Além do exame físico, o profissional pode solicitar um exame de ultrassom Doppler Colorido Venoso de Membros inferiores.

Assim, será possível averiguar o nível de riscos e indicar o tratamento correto.

Mas existem algumas medidas de autocuidado eficazes para a maioria dos casos de varizes.

Vamos conhecê-los?

 

Exercícios físicos de baixo impacto

Realizar atividades físicas é uma das melhores formas para prevenir e amenizar os sintomas.

Mas atenção, foque-se nos de baixo impacto, como caminhada, natação, Pilates, bicicleta e hidroginástica.

Elas têm o poder de aumentar, sem a necessidade de medicamentos, o tônus muscular e auxiliam com o retorno venoso.

Quando caminhamos, por exemplo, a sola venosa existente nos pés é acionada, operando como um coração venoso.

 

Meias de compressão

As meias elásticas de compressão são receitadas pelos médicos.

Para quem passa muito tempo na mesma posição, seja sentado ou em pé, elas são uma excelente opção.

 

O Pilate

Como mencionei, o Pilates também é uma atividade que auxilia aumentar o tônus muscular e a controlar edemas nos membros inferiores.

Mas atenção, ele deve ser praticado somente com liberação médica, porque há casos em que não se pode praticá-lo.

A prática do mesmo pode gerar complicações caso as varizes estejam com coágulos.

Então siga muito bem a orientação do seu médico e quando for praticar Pilates, procure a ajuda de um bom profissional.

 Gostou dessa leitura? Se ainda existir qualquer dúvida é só deixá-la abaixo nos comentários!

Até a próxima!


Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.