Reabilitação? Pratique Pilates!

Compartilhe

Após um trauma físico ou uma patologia, para que a recuperação seja eficaz é necessário que o paciente receba cuidados específicos.

Não importa em qual condição o corpo se encontra, existem diversas atividades especializadas para que o paciente se recupere totalmente e no tempo certo, sem contrair riscos ou algum outro mal.

As pessoas que sofrem de alguma patologia ou lesão, precisam conhecer o método Pilates, afinal essa técnica inovadora é uma grande aliada e traz diversos benefícios durante o processo de reabilitação.

Os exercícios do método são elaborados de acordo com o ritmo do paciente e do seu avanço, sendo realizada de maneira proporcional ao seu desempenho. Isso porque o Pilates consiste em fazer movimentos musculares utilizando a própria anatomia do corpo, trabalhando todos os músculos – inclusive, os mais debilitados.

Esses músculos são trabalhados e alongados, fortalecendo-os e estimulando-os para que retornem a sua posição natural, corrigindo os maus vícios e as sequelas que os prejudicaram (trauma, lesão ou patologia).

Além de trabalhar os músculos, o Pilates trabalha a respiração, de modo a melhorar a circulação sanguínea e a distribuição de oxigênio pelo corpo.

 

Benefícios do Pilates para reabilitação de lesões

Com os movimentos corretos, direcionados individualmente, o pilates é uma excelente ferramenta de recuperação.

Conheça os benefícios do Pilates para a reabilitação de lesões:

  • Redução do estresse físico e mental;
  • Fortalecimento da musculatura;
  • Equilíbrio;
  • Ganho da consciência corporal;
  • Descompressão da tensão da coluna vertebral;
  • Alongamento da musculatura;
  • Controle neuromuscular;
  • Aumento da capacidade respiratória;
  • Melhora da estabilidade da coluna vertebral;
  • Aumento de simetria corporal pela correção da postura;
  • Estabilidade articular;
  • Aumento da força;
  • Concentração;
  • Prevenção de lesões traumato-ortopédicas;
  • Reabilitação de lesões traumato-ortopédicas;
  • Alívio no pinçamento de discos;
  • Estabilidade lombo pélvica;
  • Redução da fraqueza muscular das áreas lesionadas;
  • Estímulo da circulação da região lesionada;
  • Flexibilidade;
  • Alívio nas compressões de discos;
  • Melhora a coordenação motora;
  • Exercita a mente pela memória.

O Pilates, tem como objetivo maior, preparar a pessoa para o dia a dia, proporcionando alta qualidade de vida. Além disso, ensina a maneira eficaz de realizar cada movimento, para não prejudicar as articulações, evitando futuras lesões.

Acredito que o trabalho de reabilitação deva ser feito especificamente por um fisioterapeuta, pois ele proporcionará todos os recursos necessários para a reabilitação do corpo acometido por uma lesão.

Posteriormente com o corpo já reabilitado, o método Pilates será aplicado para criar e desenvolver um bom condicionamento físico, fortalecendo assim sua própria musculatura.

É sempre bom ressaltar que o Pilates é indicado para todas as idades, já que o profissional qualificado fará as adaptações necessárias de acordo com cada perfil. Os movimentos serão realizados de forma prática com foco na prevenção ou na recuperação de lesões de acordo com o caso.

Lembre-se: para cada patologia, há um tratamento diferente.

Quem aí já utilizou o método para reabilitação? Deixe sua experiência nos comentários.

Até a próxima!


Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.