Lesão no Menisco? Descubra como a Fisioterapia pode te ajudar!

Compartilhe

O menisco nada mais é que uma estrutura formada por cartilagem localizada no centro do joelho. Sua função é amortecer a articulação de impacto, além de estabilizar e lubrificar durante a movimentação da mesma.

Infelizmente, essa cartilagem está propensa a sofrer lesões em casos de pessoas que possuem obesidade, artrite ou artrose.

É importante mencionar também que lesão no menisco é uma patologia muito mais comum do que imaginamos, afinal atletas estão mais propensos a lesionar o menisco pelos movimentos intensos durante competições.

Algumas causas da lesão provém de pancadas com forte intensidade na articulação, comum em jogadores de futebol, por exemplo.

No entanto, em algumas situações do dia a dia podemos lesionar o menisco simplesmente levantando peso com as pernas ou fazendo agachamento de forma irregular ou profunda.

O sintoma mais comuns da lesão de menisco é dor na região anterior e lateral do joelho, seguido de perda ou bloqueio do movimento, além de inchaço na região afetada. O desconforto é totalmente localizado, porém com o passar do tempo o inchaço e a dor podem se agravar impossibilitando ou dificultando o caminhar.

Em alguns casos, podem acarretar travamento da articulação ou limitação de movimento no joelho, essa dificuldade pode acontecer algumas horas ou dias após a lesão.

O tratamento para recuperação do menisco pode ser feito com fisioterapia ou cirurgia nos casos mais graves, quando for necessário fazer costura ou corte na parte afetada do menisco.

Inicialmente o tratamento fisioterapêutico tem como objetivo auxiliar o paciente a ter de volta os movimentos naturais da articulação lesionada.

Lembre-se que para recuperação do menisco é essencial fazer fisioterapia, que deve ser prescrito por um profissional qualificado, de preferência um fisioterapeuta de sua confiança.

Nas sessões fisioterapêuticas, serão indicados exercícios e equipamentos eletrônicos que auxiliam no alívio da dor e redução do inchaço, aliás são aplicados técnicas específicas para aumento da mobilidade do joelho.

Abaixo, citarei 7 opções de exercícios para a recuperação do menisco, confira!

  1. Alongamentos para as pernas, com intuito de aumentar a flexibilidade;
  2. Agachamentos leves, até o limite de dor, 3 séries de 15 a 20 repetições;
  3. Exercícios para as pernas com faixa elástica e posteriormente com pesos;
  4. Exercícios aquáticos, por exemplo, andar dentro da piscina durante alguns minutos;
  5. Contrair o músculo da coxa com a perna ereta;
  6. Exercícios de equilíbrio com ou sem elementos;
  7. Movimentar suavemente a patela do joelho de um lado para o outro e de cima para baixo.

Além desses tipos de exercícios, os aparelhos de eletroterapia podem ser indicados para aliviar ou reduzir a dor, além de facilitar a cicatrização.

Outras alternativas como ultrassons, micro correntes, laser, tens, entre outros, podem fazer parte do tratamento durante as sessões, assim como as técnicas de terapia manual podem ser aplicadas durante esse processo.

O tempo de tratamento varia de pessoa para pessoa, levando em conta o estado de saúde e a realização diária de fisioterapia.

No geral, uma boa recuperação varia entre 4 e 5 meses, mas, em alguns casos o tratamento pode levar cerca de 6 meses para a recuperação total.

Quem aí já sofreu lesão no menisco? Conte pra gente sua experiência nos comentários!

Até a próxima.


Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.