Fisioterapia do Trabalho: você já ouviu falar? 

Compartilhe

Passamos a maior parte do tempo no trabalho e manter-se dedicado por horas neste ambiente, pode acabar gerando desconfortos. 

Você já chegou ao fim do expediente e percebeu que estava com uma dorzinha aqui e outra ali? 

É por este motivo que devemos nos atentarmos a tudo que ficamos expostos neste cenário, para buscar uma qualidade diária. 

E a fisioterapia do trabalho existe justamente para amenizar estes desconfortos, trazendo bem-estar e qualidade de vida. 

Quer saber mais? Fique comigo nesta leitura e acompanhe os próximos tópicos! 

 

Entendendo mais sobre o método 

O foco principal do planejamento da fisioterapia do trabalho é tratar e prevenir possível lesões no ambiente laboral. 

Quem trabalha realizando movimentos repetitivos ou passa muito tempo sentado, por exemplo, pode adquirir sérios problemas de saúde. 

Em 2013, mais de 3 milhões de trabalhadores possuíam diagnóstico de LER/DORT, segundo o IBGE. Sendo uma das doenças mais frequentes nas estatísticas da Previdência Social. 

O objetivo do fisioterapeuta neste âmbito é, através de uma avaliação do paciente, identificar suas condições físicas e do ambiente em que realiza suas funções. 

Mediante este diagnóstico prévio, o colaborador e a empresa recebem as medidas que deverão tomar, para que haja uma melhora na qualidade de vida do mesmo. 

 

Por que uma empresa precisa investir em fisioterapia do trabalho? 

Este método não traz benefícios apenas para o colaborador, mas também para toda a empresa. 

Dentre muitos destacarei alguns motivos para aderir ao método: 

 

Melhora na produtividade 

Quando o colaborador se sente bem, automaticamente ele produz mais e com qualidade ainda maior. 

Os exercícios indicados pelo fisioterapeuta, trabalharão muito além de ergonomia. Eles proporcionarão relaxamento e bem-estar. 

Isso pelo fato de liberar diretamente ao cérebro, substâncias como a endorfina, que é responsável pela felicidade. 

Desta forma, o profissional consegue trabalhar de forma relaxada e concentrada, atingindo resultados muito mais efetivos. 

 

A saúde do trabalhador  

A ergonomia é algo trabalhado pelo fisioterapeuta dentro desta questão, visando otimizar o bem-estar do colaborador. 

Neste caso, estuda-se os movimentos que são realizados durante a jornada de trabalho, destacando todas as dificuldades encontradas. 

A partir disto, o profissional indica o que precisa ser adaptado e melhorado atendendo às questões ergonômicas específicas de cada trabalhador. 

Realiza-se também a Ginástica Laboral, que trabalha o fortalecimento das musculaturas mais utilizadas. 

Além de combater patologias, estes métodos combatem ainda a ansiedade, cansaço mental e até mesmo uma possível depressão. 

Desta forma, o trabalhador conquista qualidade na saúde física e mental. 

 

O relacionamento entre equipe 

A fisioterapia do trabalho pode colaborar quanto a melhora do relacionamento entre equipe? Pode e muito! 

Imagine um profissional que vive em um ambiente que lhe causa dor e estafa mental. 

Provavelmente ele não terá vontade de interagir, estará no local apenas para realizar suas funções e ir embora após o expediente. 

Quando este mesmo, possui mente e corpo cuidados, se sente bem e relaxado para executar suas funções, certamente desenvolve um relacionamento melhor com os demais. 

Uma equipe motivada, que possui bem-estar e qualidade de vida no âmbito laboral, será muito mais empenhada e acima de tudo, unida. 

 

Gostou da leitura? Se ainda existir qualquer dúvida é só deixá-la abaixo nos comentários! 

Até a próxima! 


Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.