A verdadeira história sobre o método Pilates

Compartilhe

“A técnica do Pilates mostra que a idade não é medida em quantos anos ou como você se sente, mas sim pela flexibilidade natural da coluna ao longo da vida”.

Desenvolvido na década de 1920, esse método baseou-se no que Joseph Pilates chamou inicialmente de Contrologia, que significa o controle consciente de cada movimento realizado pelo corpo.

“É estar presente, concentrado e não distraído. É a mente que esculpe o corpo.” JOSEPH PILATES.

Resumidamente, é a maneira correta de como o corpo deve “agir” durante a realização de cada movimento, envolvendo também a mente e o espírito. A Contrologia proporciona o desenvolvimento uniforme do corpo facilitando a conquista de uma boa forma física.

Posteriormente chamada de Pilates, a técnica baseada em exercícios de concentração, mobilidade e força.

Durante a primeira guerra mundial, Joseph Pilates deu início ao desenvolvimento deste condicionamento corporal, onde aplicou melhorias e aperfeiçoamentos na técnica até meados de 1967.

O Pilates, apresenta uma enorme quantidade de exercícios e variações e o método pode ser executado por qualquer pessoa, de qualquer idade, desde aqueles que buscam por alguma atividade física, quanto aqueles que apresentam alguma patologia e precisam de reabilitação.

Exemplo disso, são pessoas que possuem dores crônicas, problemas ortopédicos, neurológicos ou qualquer distúrbio envolvendo a coluna vertebral.

Para se tornar nula a possibilidade de lesões durante a prática, é necessário a orientação de um profissional devidamente capacitado para aplicar o método.

 

A História de Joseph Pilates

Nascido em 1883 na Alemanha, Joseph Hubertus Pilates era uma criança que sofria de asma, bronquite, raquitismo e febre reumática.

Desde cedo, desafiou-se para mudar a sua forma debilitada, buscando nas atividades físicas uma solução para vencer as doenças. Praticou yoga, natação, esqui, mergulho, entre outros. Se tornou autodidata e se aprofundou em conhecimentos de Fisiologia, Medicina Oriental, Anatomia, além de estudar os movimentos de animais.

Praticava os exercícios ao ar livre, sempre focado na respiração para melhorar a asma e quase sempre, de calção para melhorar o raquitismo (uma doença que envolve distúrbios de vitamina D). Aos 14 anos, posou para um atlas de anatomia, pois tinha um corpo desenhado e anatomicamente perfeito.

Aos 32 anos, Joseph se mudou para o Reino Unido, onde se tornou boxeador profissional. Dois anos depois, ficou recluso no campo de concentração na Ilha de Man, por ser estrangeiro e considerado um inimigo. Foi lá, que Joseph aplicou a técnica, desenvolvendo um planejamento de condicionamento baseado em exercícios realizados no solo, dando inicio então ao METODO PILATES.

Pilates trabalhou arduamente na recuperação de pessoas vítimas da guerra, utilizando as molas das camas para a melhoria das condições físicas dos mesmos. Neste momento, percebeu que a realização dos exercícios com resistência era ainda mais eficaz na recuperação.

Já, aos 46 anos, foi para os Estados Unidos e conheceu então sua esposa Clara, uma enfermeira que trabalhou posteriormente com ele em seu estúdio em Nova York. Juntos instruíram seus alunos do PILATES ate a década de 60. Treinaram diretamente alguns Instrutores, chamados ‘ELDERS’, os quais difundiram o método pelo mundo.

Joseph veio a falecer com seus 83 anos (1967) e a causa da sua morte ainda gera duvidas. Alguns dizem que foi por causa de um incêndio em seu Studio em Nova York, outros dizem que foi por complicações cardiorrespiratórias, já que era fumante.

Mas o fato é que ele era um amante do movimento, da atividade física e pregava um estilo de vida saudável, e foi assim ate o ultimo dia de sua vida.

Documentos e fotos comprovam isso, ele sempre manteve uma boa forma física por causa de seu método, PILATES. Foi autor de dois livros e deixou um lindo e precioso legado.

 

Exercícios Originais de Joseph Pilates

Os exercícios do método Pilates, são em sua grande maioria, desenvolvidos na posição horizontal, onde há diminuição dos impactos nas articulações de sustentação do corpo na posição ortostática e, especialmente na coluna vertebral, proporcionando recuperação das estruturas musculares, articulares e ligamentos, particularmente da região lombar.

Os exercícios estão divididos em duas categorias distintas:

  1. MAT Pilates – Exercícios executados no solo utilizando apenas a resistência corporal e ação da gravidade (considerada também como fator de resistência).
  2. Equipamentos – Essa categoria envolve equipamentos como Trapézio, Barril, Reformer e Cadeira, onde a resistência está vinculada ao uso de molas e polias.

Cada exercício deve ser realizado com o máximo de atenção possível e nunca de forma automática, mas sim consciente. Por isso, o método não apresenta grandes repetições em números de séries.

Saiba, o Pilates desenvolve um corpo uniforme, corrige posturas, restaura a vitalidade física, revigora a mente e eleva o espírito.

Criou 34 exercícios de MAT no método original, que deram origem a inúmeras variações, com ou sem aparelhos, com o intuito de fortalecer e alongar toda a musculatura corporal, melhorando a flexibilidade e a coordenação motora.

 

O maior objetivo do método Pilates

O método Pilates tem como principal objetivo alongar e fortalecer a musculatura desenvolvendo um corpo ainda mais forte e uniforme.

  1. Alinhamento postural;
  2. Estímulo da circulação;
  3. Melhora do condicionamento físico;
  4. Fortalecimento do corpo como um todo, principalmente a musculatura abdominal;
  5. Combate ao estresse;
  6. Aumento da capacidade respiratória e cardiovascular;
  7. Diminuição de tensões e fadigas;
  8. Aumento da resistência muscular;
  9. Descompressão e alinhamento da coluna vertebral;
  10. Flexibilidade;

Praticar Pilates aumenta o nível de conscientização corporal e coordenação motora, promove o alívio de dores crônicas, além de prevenir possíveis lesões e minimizar a chance do surgimento de patologias.

Lembre-se que os hábitos incorretos são responsáveis pela maioria de nossas doenças, se não por todas elas.

E se eu puder te dar um conselho, pratique Pilates.

Até a próxima.


Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.